Ilídio Sardoeira:
O Caçador de Madrugadas

de João Manuel Ribeiro

Ilustração: Catarina Pinto

Editor: Trinta por uma Linha

Edição ou reimpressão: setembro de 2016

ISBN: 978-989-99551-7-2



10€

Sinopse

De Ilídio Sardoeira ficaram a memória e as palavras: as palavras doces como o mel e cortantes como um punhal, as palavras certas no coração das coisas essenciais, as palavras que deram ser e corpo à liberdade, as palavras com que descobriu e aprendeu tantos (primeiros) segredos…

De Ilídio Sardoeira, o tempo – aquele que viveu entre nós, aquele que nos faz viver ao ler os seus escritos, e aquele que nos fará amar sempre a liberdade – é, foi e será fonte e ventre…

… de um caçador de madrugadas!

A vida é um mistério deslumbrante,
Um desvendar eterno
Através de sombras e fantasmas…
Viver é procurar pôr sobre a terra
O sonho que no berço iniciámos!

(A minha aldeia, 1940)



Relacionados


Memórias de uma Casca de Noz

Com este livro de 11 contos inéditos, completa-se a publicação de contos que Ilídio Sardoeira

+

Encontro com a Lua

"Sempre lhe tinham dito, sobretudo a mãe: - Não te metas sozinho pela floresta. Podes

+

Quem quer a Madrugada

"- Hoje trago comigo o sol no bolso. Colhi-o de manhã, quando na linha da

+

Amarante a Heróica Defesa da Ponte

Com a edição da obra em banda desenhada, José Ruy associa-se ao evento histórico «200

+